Reviews na Internet

Categoria: Novidades

Vitamina B12: Tenho Deficiência Nessa Vitamina?

A deficiência de vitamina B12 é extremamente comum nos dias de hoje. Atualmente, mais de 2 milhões de pessoas no Brasil sofrem com essa condição anualmente. A insuficiência da vitamina B12 pode acometer todas as idades e em longo prazo a pessoa pode desenvolver sérios sintomas. Qualquer pessoa pode estar sujeita a ela, por isso é necessário sempre manter uma alimentação equilibrada.

A vitamina B12 é fundamental para várias funções básicas do organismo: o processo de síntese das células vermelhas do sangue, para a síntese de hormônios, para a síntese de neurotransmissores, como a serotonina e a dopamina. Possui também um papel importantíssimo na saúde das células que constituem o sistema nervoso.

A falta da vitamina B12 pode causar anemia e um mau funcionamento de todo o organismo – em casos mais graves, existe a possibilidade de danos no sistema nervoso. No texto a seguir, vamos abordar mais detalhes sobre ela, além de ensinar como equilibrar os níveis necessários da vitamina no seu corpo.

Quais São os Sintomas da Deficiência de Vitamina B12?

Porém ao notar alguns sintomas, pode ser que você esteja com os níveis dela baixo. Veja abaixo os sinais presentes devido à falta de Vitamina B12:

  • Fadiga;
  • Fraqueza física;
  • Baixa imunidade;
  • Falta de equilíbrio;
  • Mal-estar;
  • Falta de ar;
  • Formigamento (nas mãos ou nos pés);
  • Palidez;
  • Perda de memória;
  • Paranoia e alucinação;
  • Depressão;
  • Falta de motivação;
  • Falta de concentração;
  • Esquecimento;
  • Problemas do sono;
  • Inflamação e inchaço na língua;
  • Irritabilidade e nervosismo;
  • Anemia megaloblástica;
  • Pode causar lesões irreversíveis ao sistema nervoso, devido à morte dos neurônios;
  • Incontinência urinária;
  • Queimação na sola dos pés;
  • Dificuldade para andar;
  • Entre outras neuropatias.

A lista dos sintomas ainda pode se estender, porém essa lista apresenta os sintomas mais “comuns” da deficiência. Por se tratar de sinais que também podem ser encontrados em várias outras doenças, a insuficiência de vitamina B12 deve ser avaliada de acordo com o caso específico de cada pessoa. Por isso existe a importância de fazer sempre um check-up na saúde.

Como a vitamina B12 possui uma forte atuação no nosso organismo, a falta dela pode acarretar no desenvolvimento de várias doenças. Em casos extremos ;a pessoa pode desenvolver paralisia e descoordenação.

Lembrando que, a deficiência da Vitamina B12 pode ocasionar desordens físicas e psicológicas, como foram apresentadas na lista de sintomas anteriormente.

Como saber se eu tenho essa deficiência?

Normalmente o déficit de vitamina B12 não apresenta sintomas. Existem várias pessoas que convivem com uma ligeira deficiência dessa vitamina e vivem “normalmente”. Ela é lipossolúvel, ou seja, é absorvida junto com água e líquidos.

Todavia, para obter a certeza dos níveis de vitamina B12 no seu organismo, é necessário que você faça uma consulta com um médico. A falta da vitamina só pode ser comprovada após um exame de sangue ;prescrito pelo seu médico.

O consumo de álcool e tabaco dificulta a absorção dela no organismo. É preciso também evitar consumir fibras em conjunto com alimentos que são fonte de vitamina B12 ;pelo mesmo motivo. Fique atento, pois alguns medicamentos interagem com a vitamina B12, são eles:

  • Nomicina;
  • Colchicina;
  • Ácido aminossalicílico;
  • Metformina.

Os sintomas normalmente só costumam ser apresentados mediante uma baixíssima concentração da vitamina no organismo, o que indica ainda mais a necessidade de uma consulta médica para evitar complicações maiores.

Onde posso encontrar a Vitamina B12?

Pode ser encontrada em uma infinidade de alimentos. De maneira geral, o brasileiro costuma consumir quantidades moderadas dessa vitamina na sua dieta diária.

É encontrada principalmente em alimentos de origem animal, pode ser consumida em maior quantidade ;nos frutos do mar e em peixes de águas frias e profundas, como:

  • Salmão;
  • Truta;
  • Atum;
  • Ostras.

Outros alimentos em que ela está comumente presente são:

  • Fígado;
  • Leite e derivados;
  • Ovos.
  • Carnes em geral (brancas ou vermelhas );
  • Frutas;
  • Nozes;
  • Gorduras;
  • Verduras e legumes.

Lembrando que os alimentos de origem animal, como ovos, carnes, leite e queijo são os alimentos que possuem uma alta concentração dessa vitamina. As verduras, legumes, gorduras, nozes e frutas apresentam uma quantidade menor dessa substância.

Vegetarianos tendem a serem as pessoas que apresentam a deficiência de vitamina B12 com frequência. É recomendável que todas as pessoas adeptas da dieta atendam a um acompanhamento com um nutricionista para evitar quaisquer deficiências em sua dieta.

Existem vitaminas extraídas de cogumelos que podem suplementar a dieta restrita deles. Além disso, ela é encontrada em alguns cereais e produtos de soja. Para veganos uma alternativa é o consumo de leite de semente de melão, ele também tem grandes quantidades da substância.

Como você pode ter visto, a grande maioria dos brasileiros costuma ingerir uma boa quantidade desses alimentos.

Qual é o tratamento para a deficiência?

Assim como qualquer outra deficiência causada por ordem alimentar, é recomendado que a pessoa mude a sua dieta para adequar as suas necessidades alimentares. A maneira ideal é procurando um nutricionista para montar uma dieta equilibrada.

É recomendado que a pessoa faça a ingestão de alimentos, como o queijo e o leite que são os alimentos com a maior concentração de vitamina B12. Ou ainda pode optar pela suplementação.

Suplementos alimentares que contêm apenas a vitamina B12, que são na sua maioria feitos em farmácias de manipulação, podem ser indicados. Em casos gerais, um multivitamínico também pode ser importante para ajudar a pessoa na reposição.

Apenas em casos extremos, existem medicamentos com alta concentração de vitamina B12 para que a pessoa consiga normalizar o mais rápido possível os níveis no organismo – essa prática, no entanto, tende a ser rara.

Quais são os benefícios da Vitamina B12?

Possui uma longa lista de benefícios no organismo. Veja abaixo os benefícios mais importantes:

  • Mais energia;
  • Ajuda a prevenir doenças que acometem o sistema nervoso como o mal de Alzheimer;
  • Mais resistência;
  • Previne a anemia;
  • Previne a baixa imunidade;
  • Ajuda a prevenir vários tipos de câncer, como o câncer de próstata e o de pulmão;
  • Ajuda a manter os níveis de colesterol e triglicerídeos baixos;
  • Tem um efeito positivo na pele, unhas e cabelos;
  • Ajuda na perda de peso;
  • Ajuda no ganho de massa muscular;
  • Ajuda na fertilidade masculina.

Lembrando que, apesar de todos esses benefícios, uma hipervitaminose do nutriente pode levar a sérios prejuízos para a sua saúde. Portanto a utilização de suplementos que ajudem a aumentar a concentração de vitamina B12 no seu organismo deve ser feita junto a um nutricionista ou médico.

Só utilize os suplementos caso haja deficiência no seu organismo, caso contrário o consumo poderá afetar a sua saúde.

Publicado Anteriormente Por:http://www.barramusic.art.br/varioff-review/

Custos Para Investir em Ações: Quais São? Descubra Aqui

Conteúdos do Post 🙂

Os custos para investir em ações são simples de serem assimilados e não são complicados de se calcular.

No artigo de hoje veremos todos os custos e impostos que incidem sobre o investimento em ações. Vamos lá:

Custos de Operação

As operações no mercado à vista estão sujeitas à taxa de corretagem, que incide sobre o movimento total (compras mais vendas), ou seja, pela intermediação dos negócios realizados pela corretora em nome do cliente em um mesmo dia de negociação na mesma corretora.

O valor cobrado a título de emolumentos pode variar de acordo com o mercado em que a operação foi executada (à vista, termo, opções etc.)

Sobre a corretagem, a instituição financeira a qual você opera poderá seguir uma tabela própria de custos ou adotar a tabela padrão da Bovespa, conforme segue:

Custos com Tributação:

A alíquota que incide sobre os ganhos com operações no mercado de ações é de 15%. O imposto deverá ser pago caso a soma de todas as vendas no mês ultrapasse R$ 20 mil.

A apuração deve ser mensal.

Operações de compra e venda de ações no mesmo dia, atividade conhecida como day-trade, pagam 20% de imposto sobre os ganhos e 1% na fonte.

O imposto vence no último dia do mês seguinte ao da venda das ações e deve ser pago através de Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF) com o código 6015.

Para se obter a base de cálculo, é necessário subtrair do valor da alienação, líquido das despesas operacionais (corretagem e emolumentos) o custo de aquisição das ações vendidas e somá-lo ao custo das despesas operacionais.

Exemplo 1 – Compra por preço único

Se um determinado investidos compra 10 mil ações da empresa ABC ao custo unitário de R$ 3,00, tem um investimento de R$ 30.000,00.

Somando com as despesas incorridas na operação de compra (R$150,00) tem-se o valor total do custo de aquisição de R$ 30.150,00.

Se o mesmo investidor decide vender as 10mil ações da empresa ABC pelo valor unitário de 3,50, tem-se um total de R$ 35.000,00.

Para calcular o valor líquido da venda efetuada é necessário subtrair as despesas incorridas na venda (R$ 175,00), tendo um valor líquido da venda de R$ 34.825,00

Ganho total: R$ 4.624,58 / Alíquota (15%) – Imposto a ser pago : R$ 693,68

Recolhimento do imposto: O imposto é recolhido em bases mensais, caso o valor das compras e vendas ultrapasse o valore de R$ 20.000,00 com ganho de capital.

Custos Para Investir em Ações Dica final:

Para você que deseja aprender mais sobre como investir em ações, recomendamos nossos conteúdos gratuitos.

São mais de 10 EBOOKS e 10 Palestras 100% gratuitas para você baixar e compartilhar com quem quiser.

Acesse pelo link abaixo:

EBOOKS e Palestras Grátis ACESSE AQUI

Custos Para Investir em Ações Custos Para Investir em Ações Custos Para Investir em Ações

Publicado Anteriormente Por:http://www.portaltech.blog.br/metodo-win-milionario/

COMO ELIMINAR VARIZES? DICAS ATUALIZADAS, CONFIRA!

As varizes menores, chamadas também de veias varicosas ou simplesmente “vasinhos”, são mais fáceis de serem tratadas e respondem muito bem ao tratamento feito com o suco de uva e as massagens locais.

Porém, as varizes mais grossas podem necessitar e tratamento mais adequado, podendo ser necessária a toma de remédios indicados pelo médico ou a realização de cirurgias específicas.

Existem apenas remédios que melhoram os sintomas, como inchaço, dor e cãibra, que podem ser usados via oral ou em cremes, e são receitados em situações bem especificas”, comentou o Dr. Celso Bregalda.

VARIZES COMO PREVENIR

A melhor maneira de prevenir os vasinhos e varizes é adotar um estilo de vida saudável. Evitar o excesso de peso, fazer exercício aeróbico com frequência , ter uma alimentação balanceada para evitar a síndrome do intestino preguiçoso, manter a hidratação e usar a meia elástica.

O coração precisa bater mais para poder levar sangue oxigenado para todo o corpo. Outro fator que favorece o surgimento das varizes é o acúmulo da gordura no abdômales, pois dificulta o retorno do sangue ao coração.

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

Comer de maneira saudável também pode evitar que as varizes apareçam. Uma dieta rica em gordura, sal e açúcar causam inflamações e a enfraquecimento da parede dos vasos.

“Por meio de uma reação química, o vaso se inflama e se fecha, até desaparecer completamente”, resume o cirurgião vascular Marcelo Ruettimann Liberato, do Hospital São Rafael, em Salvador. São necessárias de duas a cinco sessões para completar o tratamento, que é feito em ambulatório, sem necessidade de internação ou anestesia.

Esses óleos também podem ser aplicados de forma native ou em uma massagem. O alto consumo de sal faz com que nosso corpo retenha grande quantidade de líquidos que contribuem com o inchaço das pernas e com a pressão nas veias que estão ao redor delas.

FAZER EXERCÍCIOS FÍSICOS

Fazer exercícios vai ajudar o sangue a circular muito melhor no seu corpo e evitará que as varizes permaneçam após a gravidez. Por outro lado, os benefícios de fazer exercícios durante a gravidez são muitos, tanto para o bebê quanto para você.

Repara todos os tecidos danificados, atua como um anti-inflamatório e reduz o inchaço. Talvez você tenha notado que tem algumas varizes e veias nas pernas, e não tenha dado muita atenção a elas. No entanto, é importante analisar a evolução para que elas não se transformem em um problema mais sério.

ATENÇÃO

Em caso de dores muito fortes, encaminhe-se para um hospital ou posto de saúde para analisar a situação das pernas. Apesar da cirurgia ser uma forma eficaz para a eliminação das varizes, ela não garante que esses problemas não voltem a aparecer. Uma raiz indicada para o tratamento das varizes é o ginkgo biloba,que ajuda no alívio da dor e proporciona maior resistência à circulação local.

“É preciso manter o peso, realizar atividades físicas (principalmente as aeróbicas), evitar ficar ‘parado’ em pé ou sentado”, diz Marcello. As manchinhas arroxeadas ou avermelhadas, chamadas de “vasinhos”, são as telangiectasias. Geralmente, possuem diâmetro maior do que 1 milímetro e parecem um fio de cabelo. “Esses são os condutos por onde o sangue circula”, explica Carlos Peixoto, presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular. “Ela pode propiciar danos não só estéticos, mas também afetar a saúde das pessoas”, diz.

Pessoas com determinada cor e condições de pele não devem se submeter a esse tratamento, já que ele pode descolorir permanentemente a pele. Pergunte ao seu médico se você está apto para fazer o procedimento. Se você é sensível a agulhas ou alérgica à solução utilizada na escleroterapia, você pode fazer um tratamento a laser.

“Movimentar e fortalecer a panturrilha e os demais músculos é essencial para aprimorar o fluxo sanguíneo”, ressalta o cirurgião vascular Tony Furuie, do Hospital Santa Cruz, na capital paulista. Isso sem contar o efeito do exercício na perda de peso — como vimos, a obesidade é um dos principais promotores da doença. Outra saída bastante well-liked é a escleroterapia, que envolve a aplicação de uma substância com aspecto de espuma diretamente nas regiões afetadas.

Além disso, uma alimentação calórica e pouco nutritiva afeta o fígado, que é responsável por filtrar o sangue e remover as impurezas. Use meias de compressão para aliviar os sintomas e ajudar no tratamento das varizes.

O vinagre de maçã para varizes pode ser a ajuda que você precisa para tratá-las. São mais escuras do que as veias normais e podem causar muito desconforto como a dor, inchaço, cansaço, formigamento e outros sintomas.

Veja Também:http://www.portalps.com.br/varizero-funciona/

Causas da disfunção erétil (impotência)

Só porque não há evidências, não significa que é uma boa evidência, diz Andrew McCullough, MD, professor associado de urologia clínica na Universidade de Nova York Langone Medical Center, em Nova York, e um dos investigadores clínicos originais para o ED droga Viagra (sildenafil). E antes que os homens com disfunção erétil iniciem a rota naturopática, é inteligente certificar-se de que não existe uma condição médica subjacente que precise ser corrigida. Além disso, estima-se que 30 milhões de homens americanos têm disfunção erétil, e 70% dos casos são resultado de uma condição potencialmente fatal como aterosclerose, doença renal, doença vascular, doença neurológica ou diabetes. Além disso, a DE também pode ser causada por certos medicamentos, lesões cirúrgicas e problemas psicológicos.

Leia também: Remédio para impotência

Medicamentos para disfunção erétilEspecialistas acham que tratar a disfunção erétil por conta própria, sem consultar um médico, não é seguro. Se você tem disfunção erétil, a primeira coisa que você precisa é um diagnóstico, diz o especialista em impotência Steven Lamm, MD, um internista de Nova York e autor do The Hardness Factor (Harper Collins) e outros livros sobre saúde sexual masculina. Ele diz que os homens com disfunção erétil severa provavelmente precisam de um dos remédios prescritos, que incluem Levitra (vardenafil) e Cialis (tadalafil), bem como o Viagra. Mas, ele diz, ED leve incluindo a sensação de que você não é tão difícil quanto você poderia ser muitas vezes responde a remédios naturais.

Tratamento natural da disfunção erétil sem drogasAcupuntura. Embora a acupuntura tenha sido usada para tratar problemas sexuais masculinos por séculos, a evidência científica para apoiar seu uso para a disfunção erétil é, na melhor das hipóteses, equívoca. Em 2009, cientistas sul-coreanos realizaram uma revisão sistemática de estudos sobre acupuntura para disfunção erétil. Eles encontraram grandes falhas de design em todos os estudos, concluindo que as evidências são insuficientes para sugerir que a acupuntura é uma intervenção eficaz para o tratamento da disfunção erétil.

Arginina O aminoácido L-arginina, que ocorre naturalmente nos alimentos, aumenta a produção de óxido nítrico, um composto que facilita a ereção dilatando os vasos sanguíneos no pênis. Estudos que examinam a eficácia da L-arginina contra a impotência produziram resultados mistos . Um estudo de 1999 publicado na revista on-line BJU International descobriu que altas doses de L-arginina podem ajudar a melhorar a função sexual, mas apenas em homens com metabolismo anormal de óxido nítrico, como o associado à doença cardiovascular. Em outro estudo, publicado em 2003 no Journal of Sex & Marital Therapy, cientistas búlgaros relataram que portadores de DE que tomaram L-arginina juntamente com o extrato de pinho picnogenol tiveram grandes melhorias na função sexual sem efeitos colaterais. A arginina pode ser útil, diz Geo Espinosa, diretor do Centro Integrado de Urologia do NYU Langone Medical Center. Espinosa diz que homens com problemas cardiovasculares conhecidos devem tomá-lo apenas com a supervisão de um médico; a L-arginina pode interagir com alguns medicamentos.

DHEA A testosterona é essencial para uma libido saudável e para a função sexual normal, e os portadores de disfunção erétil, conhecidos por terem uma baixa testosterona, melhoram quando colocados na prescrição de reposição de testosterona. Da mesma forma, estudos demonstraram que tomar suplementos sem prescrição contendo DHEA, um hormônio que o corpo converte em testosterona e estrogênio, pode ajudar a aliviar alguns casos de disfunção erétil. Mas DHEA pode causar problemas, incluindo a supressão da função pituitária, acne, perda de cabelo e sua segurança a longo prazo é desconhecida, diz McCullough. Por esse motivo, muitos especialistas desencorajam o uso dos suplementos.

Ginseng. O ginseng vermelho coreano tem sido usado há muito tempo para estimular a função sexual masculina, mas poucos estudos tentaram sistematicamente confirmar seus benefícios. Em um estudo de 2002 envolvendo 45 homens com disfunção erétil significativa, a erva ajudou a aliviar os sintomas da disfunção erétil e trouxe maior rigidez da ponta do pênis. Especialistas não têm certeza de como o ginseng pode funcionar, embora se pense em promover a síntese de óxido nítrico. Eu recomendaria o ginseng [para homens com disfunção erétil], diz Espinosa. Converse com seu médico antes de tomá-lo, pois o ginseng pode interagir com medicamentos que você já esteja tomando e causar reações alérgicas.

Suco de romã. Beber suco de romã rico em antioxidantes mostrou ter inúmeros benefícios para a saúde, incluindo um risco reduzido de doenças cardíacas e pressão alta. O suco de romã também protege contra o ED? Nenhuma prova existe, mas os resultados de um estudo publicado em 2007 foram promissores. Os autores deste estudo piloto de pequena escala pediram pesquisas adicionais, dizendo que estudos em larga escala poderiam provar a eficácia do suco de romã contra a disfunção erétil. Eu digo aos meus pacientes para beber, diz Espinosa. e mesmo que não tenha outros benefícios para a saúde.

Yohimbe Antes de o Viagra e os outros medicamentos prescritos para a disfunção erétil se tornarem disponíveis, os médicos prescreviam

Melhor alternativa para auxilio no tratamento da calvície: composto 100% natural Volufios – Especial da Redação

Volufios 3

Volufios , o novo suplemento que acaba de ser liberado pela Anvisa, Volufios anti queda!

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén